• Karoline Fendel

Karoline L. Fendel

48 99934 8409

karolinefendel@gmail.com

Florianópolis/SC - Brasil

Cursos Online

Desde a minha experiência com astrologia e na maternidade e no contato com muitas mães, criei esse workshop, do qual em 2018 e 2019, realizei mais de dez edições presenciais.

Foram muitos encontros, dos quais percebi o valor da informação astrológica como apoio para melhorar ainda mais a relação entre mãe e filho.

A Lua no Mapa Astral dos nossos filhos

A Lua em nosso Mapa Astral nos traz informações preciosas que nos auxiliam na nossa jornada evolutiva.  Um dos aspectos principais desse astro é sobre a relação com a nossa mãe; É através desse signo lunar, como um véu ou lente que nos relacionamos com ela, e que será nosso filtro protetor nos primeiros anos de vida. 

Por exemplo: se tenho lua em touro, minha relação com essa mãe é taurina. E minha mãe vai ter uma forma de maternar taurina comigo. Ela vai vibrar esses valores e crenças e vai me transmitir isso. Por isso essa será minha base emocional pois fez parte da nossa fusão juntas principalmente nesse primeiro setênio. 

Quando nos tornamos mães esse modo de sentir e agir lunar vem a tona e influência na nossa forma de maternar. Pois afinal aprendemos assim...então sei ser mãe de uma forma taurina...ariana...aquariana...etc..

 

Como tudo tem luz e sombra, a lua também incita como foi construído nosso refúgio emocional, isto é, para onde eu corro quando me sinto insegura, com medo e assustada, meu instinto de sobrevivência inconsciente. 

 

A luz da lua é um reflexo do sol. Então todos temos também as qualidades desse signo lunar, que podem ser iluminadas pela nossa consciência e integradas no nosso sistema e assim trazer um equilíbrio para minhas ações e sair de uma falsa crença ou ilusão construída, podendo assim estar mais livre para dançar com outras energias do meu Mapa Astral.

 

Na astrología devemos tomar muito a sério o fato de que os pais são uma manifestação da energia da criança e viceversa. A presença da lua é a qualidade necessária para gerar uma experiência específica àquela alma. O comportamento espontâneo da família gerará esses fatos e creio que pretender evitá-los impede de compreender a natureza profunda da criança e seu aprendizado evolutivo. Precisamos aqui ampliar a perspectiva e evitar encontrar culpados e vítimas e sim, observar a inteligência vincular por de trás dos fatos. 

 

A maior fluidez da energia do Mapa Astral de uma criança depende decisivamente de que seus pais se conheçam e compreendam a estrutura familiar - de destino - que conformam. 

 

Portanto, como país será através do amor, do autoconhecimento e da nossa disponibilidade em nos transformarmos, onde podemos ampliar nossa perspectiva e olhar cada vez mais de forma livre e respeitosa ao nossos filhos, almas em evolução. 

 

Com carinho, 

Karoline Fendel, astróloga e mãe.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now