Dar espaço ao tempo, vale a pena?

Atualizado: 2 de Set de 2018

As vezes me percebo cortando os espaços entre minhas incertezas e acabo as vezes optando por agir e realizar mil coisas, me esqueço que foram em momentos que optei por não agir que tive muitos insights valiosos.

Este frenesi de empreender, numa expectativa de resultado e de uma interpretação do que é sucesso acaba me colocando em uma desconforto interno que agora percebo que é a falta de dar tempo ao espaço.


Me refiro ao espaço quando consigo parar,  pensar e refletir sobre algo e dar tempo para aquela reflexão amadurecer e ser comprovada internamente.  Espaço para mim também é quando me abro para acolher as surpresas do Universo, escutar as pessoas,  saber o que precisam, pensar em soluções, refletir sobre acontecimentos, observar a natureza e sua beleza.

Fico pensando se podemos construir uma nova cultura onde vamos respeitar o espaço.

Sempre me inspirei pelos versos do livro Tao Te Ching e o verso da Harmonia pelo não-agir ilustra minha reflexão:

Tao não age, E por esse não-agir tudo é agido. Se reis e príncipes assim fizessem, Todas as coisas do mundo prosperariam por si mesmas. E se, mesmo assim, os homens tivessem desejos, Tao os satisfaria pela simplicidade Do seu íntimo ser. Quem se une ao Uno Não tem desejos, Onde não há desejos há paz. E onde há a paz, Tudo é harmonia e felicidade.

O Não-agir não significa passividade, mas vai muito além disso, fala sobre percepção de si e das situações, observação, fé, confiança na evolução, respeito pelos processos, fluidez, não resistir ao fluxo natural, ação livre de dualidade.


O mesmo significado dão os chineses pela palavra wu-wei.

O que percebi em mim e logo também ao conversar com as pessoas é um nível alto de ansiedade e irritação, aliados a uma sensação de separatividade, de estar se sentido fora, desencaixada. Será que estamos dando espaço ao tempo?


Quando reflito na descolarização ou mesmo numa nova cultura, me parece que ter e dar espaço a reflexão, ao encontro e ao auto desenvolvimento algo fundamental e, que trás sim mais equilíbrio, serenidade e assertividade. Características que todos buscamos e essenciais para os empreendedores mais conscientes.

Será que é o espaço que permitimos crescer em nós, que nos permite um encontro com nós mesmos? Segundo Huberto Rohden: O Uno do seu Ser unifica o Verso do seu Agir, realizando o Homem Univérsico.








3 visualizações

Karoline L. Fendel

Campeche, Florianópolis

CPF 05228210903

48 99934 8409

Entregas realizadas em até 30 dias

  • Facebook ícone social
  • Karoline Fendel